Após um ano de intensa atividade na Escola de Trovadores com as crianças da Escola Antonio Pinto, em Cajamar, um lindo show encerrará os trabalhos do ano Instituto Trovadores Urbanos nessa instituição, em 11 de agosto.

9 de agosto de 2018 14:02
Instituto Trovadores Urbanos encerra as atividades na Oficina com 80 alunos da Escola Antonio Pinto apresentando um lindo show com o grupo Trovadores Urbanos e o coral da Escola de Trovadores, acompanhados pela maestrina Lucila Novaes.

A Escola de Trovadores, projeto do Instituto Trovadores Urbanos, patrocinado pela Votorantim, completou um ano de intenso trabalho com as crianças da escola Antonio Pinto, em Cajamar, e para comemorar o sucesso desse projeto um lindo show encerrará as atividades. Durante doze intensos meses, a Escola de Trovadores, ministrou aulas de Coral e de Teatro todas às sextas feiras, contribuindo imensamente com o processo de formação das 80 crianças que participaram desse projeto e também de seus professores e pais.

Esse trabalho com a musicalidade e com artes cênicas permitiu que as crianças se transformassem enquanto indivíduos, aprendendo a participar mais da sociedade como um todo, passando a escutar mais as pessoas antes de falarem, compreendendo a importância da respiração no Canto. Todos esses aprendizados serão levados para a vida toda e faz parte da própria formação do caráter, um trabalho que mexe com o lado emocional e o amadurece, permitindo uma melhor qualidade de vida. E tudo isso não apenas para as crianças! Os professores também participaram de Oficinas afetivas e os pais tiveram a oportunidade de acompanhar de perto esse projeto. Todos foram beneficiados com o maravilhoso resultado.

Oficinas como “Respiração com Tambor”, com Maria Eugênia dos Anjos, “Afinando o Afeto”, com os Trovadores Urbanos e “Expressão corporal e ritmo”, com Carol Rocha, transformaram a vida de vários professores da Escola Antonio Pinto mostrando a todos a grandiosidade e importância de um projeto como esse.

E finalmente, chegou o grande dia: no sábado, dia 11 de agosto, as crianças que participaram da Escola dos Trovadores terão a oportunidade de mostrar o resultado desse trabalho cheio de amor e afeto, cultura e muita música, idas ao teatro, oficinas afetivas aos educadores, tudo o que transformou a vida de cada um dos envolvidos. A riqueza da Música Popular Brasileira contribuiu imensamente na socialização dessas crianças, que descobriram um novo mundo, cheio de esperança e certezas de um futuro melhor, graças à Educação artística, que complementa perfeitamente a educação básica dos alunos. As crianças puderam ver de perto também ao longo desse ano a orquestra Jazz Sinfônica, na Sala São Paulo, o espetáculo musical “A Pequena Sereia”, no  teatro  Santander, concertos no teatro Municipal de São Paulo e o Circo Espacial.

Com tantas oportunidades de Cultura, as crianças mudaram sua forma de ver o mundo e a maestrina Lucila Novaes, responsável pelo Coral, pode ver e sentir o amadurecimento de cada uma dessas crianças beneficiadas por esse projeto. Por isso, preparou um lindo show com os Trovadores Urbanos e o coral das crianças da Escola Antonio Pinto – e do qual ela também participará – para encerrar as atividades que tantos benefícios trouxeram às crianças, pai e professores daquela comunidade.

No repertório desse show do dia 11 de agosto, a maestrina Lucila Novaes trabalhou com as crianças as músicas: Tumba tumba (Folclore), Era uma vez (Kell Smith), Era uma vez (Toquinho), Trevo (Anavitoria), Poutpourrit Saltimbancos (Chico Buarque): Bicharia, O jumento, Um dia de cão, A galinha, História de uma gata, Volta ao mundo num balão (Hélio Ziskind), Trem bala (Ana Vilela) e A banda (Chico Buarque).

Todas as canções que elas aprenderam durante o ano trouxeram a motivação, reforçaram o afeto, redobraram a alegria de viver de cada uma das crianças que participaram desse coral. O resultado foi tão benéfico que a direção e os professores da escola Antonio Pinto desejam que esse trabalho se torne constante no estabelecimento de ensino. E as crianças – agora com olhos mais brilhantes – estão encantadas com a música e o teatro e descobriram sua própria musicalidade, o que as tornou mais atentas, responsáveis e felizes, com muita vontade de aprender outras coisas também.

O show de encerramento desse ano da Escola de Trovadores com as crianças da Escola Antonio Pinto, em Cajamar, será o momento de ouro de todos os envolvidos no projeto. Acontecerá da própria escola, no sábado, dia 11 de agosto, às 15 horas. O evento é gratuito. O endereço da Escola Antonio Pinto è Av. Antônio Cândido Machado, 1002 – Jordanesia, Cajamar.

Sobre a Escola de Trovadores

O projeto Escola de Trovadores oferece aulas semanais de musicalização, canto e coral e expressão corporal, para crianças e adolescentes em 03 núcleos implantados em escolas públicas de São Paulo e Cajamar. Em São Paulo, o primeiro núcleo foi implantado em 2013, na Escola Estadual Professora Joana Abrahão. Em Cajamar, os dois núcleos nas EMEBs Antonio Pinto e Veneranda são patrocinados pela Votorantim Cimentos por meio do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, o ProAC-ICMS.

Sobre a Votorantim Cimentos

Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos se tornou uma das maiores empresas globais do setor. O portfólio de materiais de construção vai além dos cimentos e inclui concretos, argamassas e agregados, além de insumos agrícolas. As unidades da Votorantim Cimentos estão estrategicamente próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e presente em 11 países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai. Se no passado a Votorantim Cimentos tinha orgulho de ter contribuído para o desenvolvimento e industrialização do país, hoje a empresa constrói o futuro com parcerias, inovação e sustentabilidade, sempre focada em seu propósito: a vida é feita para durar. Em 2018, o grupo Votorantim completa 100 anos e nossa forma de comemorar é cuidar da educação do Brasil, com diversas ações, entre as quais estão a adoção de 100 municípios que recebem o programa “Parceria Votorantim pela Educação”. Acreditamos que a atuação social integrada considerado todos os atores de uma comunidade, fortalecem a educação de um município.

Para nós, iniciativas como esta e como a Escola de Trovadores reforçam a corresponsabilidade de todos para uma educação de qualidade.

Compartilhe