Um ano cheio de emoções, boas novidades e muitos eventos que trouxeram a música para a vida das pessoas. Assim é o trabalho dos Trovadores Urbanos, assim se vive uma vida cheia de emoções e afetos compartilhados.

28 de dezembro de 2018 18:13

2018 encerra trazendo a certeza de muitos bons frutos colhidos e outras novas sementes plantadas pelo grupo Trovadores Urbanos. O objetivo maior: continuar compartilhando afeto, boas emoções, muita alegria e boa música.

Um ano muito bem vivido, cheio de emoções e trabalho árduo. Em mais de 28 anos, os Trovadores Urbanos sempre têm muito para comemorar a cada mês de dezembro. E 2108 não foi diferente, mas foi – sim – muito especial. Momentos inesquecíveis, eventos que reuniram pessoas em torno de ídolos (saraus de aniversários), filosofia de vida (Música e Meditação no Escuro), trabalho em prol do próximo (saraus do tricô), educação musical especialmente dirigida a crianças da periferia, através do Instituto Trovadores Urbanos, serestas de sextas temáticas – carnaval, férias, natal e muitos outros temas – emocionantes e divertidas, rodas de afeto, inauguração do Muro do Afeto, comemoração do dia da Gentileza.

A distribuição de afeto através de suas serenatas – marca registrada do trabalho dos Trovadores Urbanos – é a base para todos os eventos que acontecem dentro da casa do grupo ou até mesmo fora dela, como é o caso das aulas de Canto Coral, ministradas pela maestrina Lucila Novaes, através do Instituto Trovadores Urbanos com o apoio da Votorantim Cimentos, na cidade de Cajamar(SP). Outro trabalho do Instituto Trovadores Urbanos teve início em agosto de 2018, com a professora, cantora e atriz Valeria Caran – e patrocínio da Cacau Show – em Itapevi (SP). Trabalhos que levam a música a muitas crianças, contribuindo com a qualidade de vida de alunos, professores e pais envolvidos nesse lindo projeto.

Um dos grandes destaques desse ano, que está fazendo muito sucesso entre o público que frequenta a casa dos Trovadores Urbanos é o Muro do Afeto, inaugurado em maio de 2018 e que tem por objetivo maior ser um elo de ligação entre as pessoas que compartilham mensagens de afeto através dessa delicada instalação artística. O Muro do Afeto está aberto ao público durante as 24 horas do dia, nos sete dias da semana. E os fãs dos grupos, que frequentaram durante todo o ano as Serestas de Sexta e os vários Saraus que por lá aconteceram, tiveram acesso, conheceram, participaram e aprovaram o Muro do Afeto.  

Outro destaque especial de 2018 ficou por conta dos Saraus de aniversário de vários artistas da MPB, e dos Saraus do Tricô, de onde surgiram muitos quadradinhos de tricô que se tornaram cobertores e colchas para doação aos mais necessitados. Todos esses eventos foram regados a boa música, alegria e muita disposição em doar afeto.

Os encontros gratuitos no evento Música e Meditação do Escuro reuniram muitos fãs dos Trovadores Urbanos, que tiveram a oportunidade de – muitos deles – praticar a meditação pela primeira vez. E cada encontro foi conduzido por um monge, como a Monja Coen, que por três vezes em 2018 participou desse evento.

O encerramento desse ano cheio de novidades ficou por conta de dois grandes acontecimentos: a comemoração do Dia da Gentileza, em novembro, com ações compartilhadas por muitas pessoas na cidade de São Paulo e fora dela também, e com a Seresta de Sexta com os Trovadores Noéis que, durante os meses de novembro e dezembro, alegraram e emocionaram os fãs desse grupo de seresteiros de São Paulo.

Assim se passou o ano de 2018 dos Trovadores Urbanos e seus fãs: cheio de alegria, afeto e muita emoção.

Compartilhe